A verdadeira criatividade está no nosso mundo interior, não nas coisas em si, mas no que elas representam para nós!

.posts recentes

. Esquecer...

. ...

. Osmose de Fantasmas...

. Vagas Palavras - Mistério...

. Catalisa-me...

. Vagas palavras - Pesco o ...

. És realidade...

. Olhar para Trás...

. Carência...

. Devo Amar-te?

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

Devo Amar-te?

Amo-te sem saber como, nem quando, nem de onde.

Amo-te directamente, sem problemas, nem orgulho.

Assim, te amo, porque não sei amar de outra maneira.

Tão profundamente que a tua mão sobre o meu peito é a minha.

Tão profundamente que quando cerras os teus olhos...

... eu adormeço!

Lágrima Doce*

sinto-me: Com vontade de amar
música: toranja - Carta
publicado por CMS às 13:18
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 7 de Julho de 2007

Vagas Palavras - Tempestade...

 

"Numa Tempestade Qualquer Porto é Seguro"

 

 

Muitas vezes perdidos, encostamos os nossos sentimentos num porto que pensamos ser o mais seguro.

 

Valerá a pena estragar o que esse lugar tem para nos dedicar? Em troca de falsas esperanças. Ou será que fazemos bem sugar toda a credibilidade que esse porto demostra em nós, se apenas temos a ideia de permanecer por lá o tempo necessário ao desfazemento da tempestade que se apoderou de nós?

 

No futuro, se for porto de abrigo, tentarei raciocinar melhor se valerá a pena toda a força que darei e se as recompensas serão de valor...

 

Numa próxima vez, tentarei agir melhor e não criar falsas esperanças a alguém que me tem acolhido e a quem eu irei certamente magoar mais tarde quando a tempestade que existe dentro de mim passar.

 

P.S - (Também é certo que depois da tempestade vem a bonança... e assim sendo, muitas vezes acabamos por nos apaixonar!!! Mas a paixão pela acomodação ou pelo facto de sentirmo-nos apenas seguros é incerta.)

 

Lágrima Doce*

sinto-me: molhadinho!
música: Só de nós Dois - Pedro Camilo
publicado por CMS às 03:26
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 4 de Julho de 2007

ausente de tudo

Tenho saudades.

Esta palavra sabe a passado.

Sabe a experiencia e sobretudo a presença de alguma coisa importante.

Se assim não fosse passaria despercebida.

Despercebida é o que a paixão tem passado por mim.

Há muito tempo que não sei o que é e da qual tenho saudades.

Tenho andado ausente de tudo, quando queremos fazer muitas coisas ao mesmo tempo acabamos por nao fazer nada como deve ser. E assim tem sido alguns dos meus dias agora. Quero trabalhar para ter dinheiro para uma independenciazinha, quero estudar para passar nos exames deste ano, e tenho uma companhia para gerir juntamente com a minha preparação fisica. Ora sobra ZERO de tempo para me dedicar a algumas coisas que gosto como net, como relaxar, como ter tempo pessoal.

 

 

Mas voltarei... a repor a estabilidade!

sinto-me: atarefado
música: Desinteressi - Monteiro
publicado por CMS às 19:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds