A verdadeira criatividade está no nosso mundo interior, não nas coisas em si, mas no que elas representam para nós!

.posts recentes

. Esquecer...

. ...

. Osmose de Fantasmas...

. Vagas Palavras - Mistério...

. Catalisa-me...

. Vagas palavras - Pesco o ...

. És realidade...

. Olhar para Trás...

. Carência...

. Devo Amar-te?

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

Quarta-feira, 2 de Maio de 2007

... (ausência da necessidade de mim)

- Olá! por aqui?

- Olá, sim vim dar uma voltinha com o meu namorado...

- Eu estou a trabalhar por aqui!

- Eu sei já me tinhas dito... Então vá, beijinhos e fica bem!

Cruzamo-nos...

O que raramente aconteceu desde à um ano atrás.

Quase não me quiseste ver, quase que a minha pessoa passou despercebida na tua memória. Olhas-te para mim, já como se nada interferisse na tua vida, naquilo que um dia sentiste por mim.

Cumprimentaste-me com um beijo gelado de ausência de afecção, de carinho, como se os 4 anos que viveste comigo nem tivessem existido.

Tens uma nova companhia à já dois anos e vejo que saí derrotado.

Quando acabamos, pensei certamente que um dia irias dar pela minha falta, por tudo o que te tinha dado, por tudo o que passamos, sentimos, vivemos juntos. Pensei que certamente não irias saber viver sem aquele carinho especial a que sempre tiveste direito. Mas agora revejo a realidade e dou-me como que por vencido.

Estás feliz... estás certa das tuas escolhas e sinto-me desiludido comigo mesmo.

Sinto que não fui capaz de dar-te tudo aquilo que precisavas durante o tempo que estiveste comigo. Como se outras pessoas fossem melhores do que eu.

Estou triste e tenho fugido deste pensamento...

Não me sinto capaz de fazer alguém feliz neste momento. Pois tenho a pesada sensação que aquilo que dou de mim não chega para fazer alguém sentir a minha ausência.

Sinto a falta de ouvir: preciso de ti...

 -----------------------------------------------------

Depois de ti...

A minha vida mudou.

Ainda não encontrei a pessoa certa que me irá favorecer o esquecimento da pessoa que foste na minha vida. A mim custa-me ver que é dificil encontrar pessoas que estejam bem, que não sejam magoadas pela maneira como hoje em dia se ama. Um amor eterno passageiro que nos ilude e nos faz sonhar periodicamente.

Isto está tão deprimente, tal como os dias têm estado.

Tenho saudades de amar ainda que seja com esse amor gasto de si!

Sinto a falta de sentir: preciso de ti...

Lágrima Doce*

sinto-me: ausente de mim
música: Neyo - Because of you
publicado por CMS às 22:45
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Carina a 3 de Maio de 2007 às 13:09
Querido a vida é mesmo assim, um dia pensamos que somos felizes e temos tudo e no outro estamos sozinhos no meio do nada, porque apesar de muitos amigos, só nós sabemos o que sentimos.
Por acaso tive a sorte de não voltar a ver o meu ex, sinceramente não sei qual seria a minha reacção, se me ia magoar ou nao . Mas isto são fases da nossa vida e temos que as ultrapassar, apesar de a mágoa estar sempre camuflada, porque hoje sinto-me amada, sei que precisam de mim, e existem dias em que o sorriso custa a sair.
Estas situaçoes tornam-nos pessoas mais desconfiadas, acredita que basta uma atitude mais drastica , uma discução para as lembranças voltarem e sentirmos um grande aperto no coração.
Mas eu não passei para te por em baixo, mas sim pa te animar.. não sejas pessimista.... eu não te conheço mas sinto um carinho por ti, porque sei como te sentes...
Beijinhos
De Safira a 3 de Maio de 2007 às 16:45
que posso eu dizer? é duro, sim....ver uma pessoa que significou tanto para nós e agora parecerem dois estranhos...parece q nada s passou mas acredita que devem ter ficado boas memórias na cabeça dela, qd ela t viu deve ter pensado um pouco nos vossos momentos felizes ;)
tu agora deves é seguir c a tua vidinha e tentar n t preocupares pq ha um anjo guardado para ti e esse anjo ha-de aparecer qd menos esperares e na altura q mais precisarees ;)
tenta ser feliz, aproveitar tudo o q a vida te dá, dar valor a todos os momentos por mais insignificantes q sejam, pq a felicidade tá nesses momentos....

beijinhos***********
De Azulinha a 6 de Maio de 2007 às 06:36
Tu viste-a... Eu estou agora a trabalhar com aquele que tanto me fez (e ainda faz) escrever...
A indiferença, as conversas com outros homens sobre mulheres... Que confusão que me faz... Mas aos poucos libertei-me... Sinto saudades, por vezes sinto falta... Mas libertei-me... Espero que um dia te libertes tu também e encontres a paz que é sair de uma montanha-russa... ;)
Fico a torcer por ti... Que sejas muitoooo feliz! Desejo para ti o dobro do que desejo para mim... ;)
*******s

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds